Projeto “Rapid Repair” da Lufthansa Technik ganha mobilidade

Lufthansa Technik at Frankfurt.

Lufthansa Technik em Frankfurt.

O reparo de plásticos reforçados por fibras de carbono (CFRP) com o uso de robôs evita a desmontagem.

A Lufthansa Technik desenvolveu um procedimento que vai significar que, a partir de agora, reparos específicos de colagem em estruturas críticas de fibra de alto desempenho podem ser certificados. Com o auxilio de um robô de fresagem, que utiliza um software especial para reconhecer até superfícies em 3D, é possível agora, pela primeira vez, efetuar reparos automatizados longe dos locais de manutenção.

No projeto de pesquisas anterior Rapid Repair, a Lufthansa Technik AG já havia desenvolvido com sucesso uma cadeia completa de processos para o reparo rápido, automatizado e reproduzível de materiais CFRP. O projeto  Composite Adaptable Inspection and Repair, batizado de CAIRE (Inspeção e Reparo Adaptáveis a Materiais Compostos), que surgiu nos três anos seguintes, aprimorou ainda mais o robô de fresagem estático para permitir reparos móveis.

Falando sobre o grande potencial deste desenvolvimento, o gerente do projeto CAIRE da Lufthansa Technik, Jan Popp declarou: “Graças ao novo robô, podemos até fazer reparos de danos em grandes superfícies na fuselagem ou nas asas, sem a necessidade de desmontagem. Reparos que eram difíceis de imaginar até muito recentemente se tornaram perfeitamente possíveis”.

Numa primeira fase, o novo procedimento será utilizado em grandes superfícies de estrutura monolítica ou “sanduíche”. Até agora, os danos nestas superfícies de revestimento significava trabalhos extensos de diagnóstico e reparação em oficina especializada ou no campo. Mais informações no site da Lufthansa.

Fonte: Lufthansa Technik. 

Leave a Reply