Grupo Lufthansa promove encontro com a imprensa no Rio de Janeiro

“Versão em Português / The English version is after the Portuguese version.”

Lufthansa-Rio-de-Janeiro-Press-Event-Copyrighted-to-Aviation-News (3)

Com uma bela vista de Copacabana, ontem, executivos das empresas do Grupo Lufthansa se reuniram com a imprensa em um evento realizado no Hotel Sofitel.

Foram abordados diversos temas mas o principal assunto foi os investimentos recentes das empresas do grupo no mercado brasileiro e, especificamente, no mercado do Rio de Janeiro.

A nível mundial, a empresa cresceu 50% nos últimos três anos em dois países (Brasil e México) e consequentemente realizou um upgrade de aeronave em suas rotas. O Boeing 747-8 Intercontinental está operando voos diariamente para ambas as nações.

No geral, o crescimento anual das companhias aéreas foi de 1%, enquanto a Lufthansa cresceu 3% no último ano.

A Lufthansa, originada da Condor Syndikat, foi a fundadora da aviação moderna no Brasil há 90 anos.

Lufthansa Passage:

Desde 29 de Março de 2014, o mercado carioca passou a contar com cerca de 8 mil lugares por mês a mais nos voos para a Europa. A Lufthansa, que já oferece voos diários, substituiu o Airbus A340-313X pelo Boeing 747-400. Isso equivale a um aumento de oferta de 60% em cada direção.

No mês de Abril de 2014 a Lufthansa dobrou o sistema de entretenimento a bordo, os passageiros em todas as classes de viagem possuem uma maior escolha de entretenimento. Pois há o dobro de filmes para escolher. Além de oferecer mais filmes de grande sucesso e clássicos populares, há uma ampla gama de clássicos modernos – os hits do cinema dos últimos anos. Isso tudo é resultado da instalação de um novo sistema de entretenimento a bordo, que está estabelecendo padrões em termos de desempenho e confiabilidade. Mais de 100 filmes em oito idiomas, filmes mais regionais para os passageiros de países de língua árabe, e da Índia, China e Japão – estes são apenas alguns dos destaques do novo sistema de entretenimento a bordo.

Lufthansa-Rio-de-Janeiro-Press-Event-Copyrighted-to-Aviation-News (2)

Nils Haupt (Diretor de Comunicação do Grupo Lufthansa para as Américas) e Annette Taeuber (Diretora Geral da Lufthansa para o Brasil).

Com a inauguração do Terminal 3 do Aeroporto Internacional de Guarulhos no domingo passado e um bom feedback dos passageiros, a Lufthansa foi a primeira companhia a operar no Terminal com o pouso às 05:17 AM BRT do Boeing 747-8I procedente de Frankfurt.

Passageiros que estejam viajando com a Lufthansa na First Class, Business Class ou que possuam status Gold na Star Alliance estarão aptos a entrar no lounge da Star Alliance no Terminal 3. Os detalhes estão sendo finalizados na recém-inaugurada Sala VIP que conta com 1,500 metros quadrados e diversos ambientes.

Anualmente a Lufthansa gasta 9 bilhões de dólares americanos em combustível para aviação, o que equivale ao valor gasto de combustível na Finlândia em um ano.

Lufthansa Cargo:

Atualmente, a empresa opera para três aeroportos no Brasil (Curitiba, Manaus e Viracopos). Tendo flexibilidade com as cargas, a Lufthansa Cargo transporta desde farmacêuticos até animais.

Com a substituição das aeronaves nas rotas São Paulo – Frankfurt e Rio de Janeiro – Frankfurt por modelos maiores e mais modernos, a Lufthansa Cargo obteve um aumento de capacidade de carga em porões de aproximadamente 40% em São Paulo e manteve-se mais estável no Rio desde Abril.

Globalmente, a empresa está promovendo a renovação da frota cargueira desde o ano passado com a substituição do MD-11F pelo Boeing 777F. Este novo cargueiro possui a capacidade de cargas de 105 toneladas, um ganho médio de 10 a 15 toneladas por voo. Como o 747-8I, o cargueiro 777F também possui uma tecnologia moderna, sendo assim mais econômico no consumo de combustível e com menor emissão de CO2. A Lufthansa Cargo está para receber seu quarto Boeing 777F (D-ALFD) o qual será nomeado “Olá Brazil” e está com a entrega prevista para Junho.

LSG Sky Chefs:

A maior provedora de serviços de bordo do mundo, iniciou uma série de iniciativas e medidas para fortalecer ainda mais sua posição no mercado brasileiro. Ao fazer isso, a empresa se beneficia da longa experiência do Grupo Lufthansa e de sua presença global, ambos responsáveis pelo desenvolvimento de padrões consagrados pela indústria relativos à excelência operacional, sustentabilidade e competência culinária.

O próximo investimento da empresa será a reestruturação da unidade do Rio de Janeiro com o que há de mais moderno no mercado.

Lufthansa-Rio-de-Janeiro-Press-Event-Copyrighted-to-Aviation-News (1)

Lufthansa Technik:

Sendo o principal provedor independente de serviços de manutenção, reparos, revisões e modificações para aviação civíl, a empresa está crescendo nos Estados Unidos e no continente asiático.

No momento, a Lufthansa Technik está construindo um centro de manutenção em Porto Rico. No entanto, no Brasil há dificuldades na Alfândega para importação e exportação de peças. Mas a empresa considera o país e a América Latina essenciais para o seu crescimento.

Lufthansa Systems:

Lidando com a parte de tecnologia do Grupo, a empresa possui mais de 300 clientes (linhas aéreas) e teve um lucro de 640 milhões de euros em 2013.

O seu início no Brasil foi em 1997 e, atualmente a Lufthansa Systems atende seis companhias no Brasil: Avianca Brasil, Azul, GOL (sistema para controle de aeronaves, operações e tripulação), Rio, Sideral e TAM (sistema de planejamento de voo).

Um dos carros chefes é o sistema LIDO que gera uma economia significativa para o cliente.

Lufthansa Consulting:

A Lufthansa Consulting acaba de criar no Brasil a Lufthansa Consulting Ltda, uma sociedade limitada, que atuará como base representativa e operacional de suas atividades na América do Sul. A indústria da aviação tem crescido de forma constante na região do decurso dos últimos anos, e a abertura da Limitada no Rio de Janeiro além de demonstrar a importância desse mercado para a área de consultoria de aviação, reforça a filosofia da empresa de buscar proximidade com o cliente.

No Brasil a empresa está desenvolvendo diversos projetos com diversas companhias, tais como Azul e Petrobras.

________________________________________________________________

Lufthansa Group promotes a meeting with the press in Rio de Janeiro

Lufthansa-Rio-de-Janeiro-Press-Event-Copyrighted-to-Aviation-News (3)

With a beautiful view of Copacabana yesterday, executives of Lufthansa Group’s companies met with the press at an event held at the Sofitel Hotel.

Several topics were discussed but the main topic was the recent investment of the group companies in the Brazilian market and, specifically, in the Rio de Janeiro market.

On worldwide scale, the company has grown 50% over the last three years in two countries (Brazil and Mexico) and consequently made ​​an aircraft upgrade on their routes. The Boeing 747-8 Intercontinental is now operating daily flights to both nations.

Overall, the annual growth of the airlines was 1%, while Lufthansa grew 3% last year.

Lufthansa, descendant from Condor Syndikat, was the founder of modern aviation in Brazil 90 years ago.

Lufthansa Passage:

Since March 29th, 2014, Rio de Janeiro market had an increase of almost 8,000 seats per month more on flights to Europe. Lufthansa, which already offers daily flights, replaced the Airbus A340-313X for the Boeing 747-400. This equates to an increase in supply of 60% in each direction.

In April 2014 Lufthansa doubled the entertainment system on board, passengers in all classes of travel have a wider choice of entertainment. As well as offering even more of the latest blockbusters and popular classics, there is a wider range of modern classics – the cinema hits of recent years. This is all thanks to the installation of a new in-flight entertainment system, which is setting standards in terms of performance and reliability. More than 100 films in eight languages, more regional films for passengers from Arabic-speaking countries, and from India, China and Japan – these are just some of the highlights of the new in-flight entertainment system.

Lufthansa-Rio-de-Janeiro-Press-Event-Copyrighted-to-Aviation-News (2)

Nils Haupt (Director of Lufthansa – Head of Corporate Communications The Americas) and Annette Taeuber (General Director of Lufthansa for Brazil).

Last Sunday, the Terminal 3 in Guarulhos International Airport was opened with a good passenger’s feedback. Lufthansa was the first airline to operate in the new Terminal with the landing of the Boeing 747-8 Intercontinental coming from Frankfurt at 05:17 AM BRT.

Passengers who are traveling with Lufthansa in First Class, Business Class or who are Gold status in Star Alliance will be able to enter in the Star Alliance lounge in Terminal 3. The details are being finalized at the brand new lounge which has 1,500 square meters and several ambiances.

Lufthansa annually spends 9 billion dollars in jet fuel, which is equivalent to the value spent in fuel in Finland in a year.

Lufthansa Cargo:

The company operates in three airports in Brazil (Curitiba, Manaus and Guarulhos). Lufthansa Cargo has flexibility with the cargo, the company transports from pharmaceuticals to animals.

With the replacement of the aircrafts on the routes Sao Paulo – Frankfurt and Rio de Janeiro – Frankfurt by larger, more modern models, Lufthansa Cargo had an increase in load capacity of approximately 40% in São Paulo and has remained more stable in Rio de Janeiro since April.

Globally, the company is promoting the renewal of the cargo fleet since last year with the replacement of the MD-11F for the Boeing 777F. This new freighter has the capacity of 105 tons of cargo, an average gain of 10 to 15 tons per flight. As the 747-8I, the 777F freighter also has a modern technology, providing more economy in fuel consumption and lower CO2 emissions. Lufthansa Cargo is waiting to receive its fourth Boeing 777F (D-ALFD) which will be named “Ola, Brazil” and is scheduled for delivery in June.

LSG Sky Chefs:

The largest provider of in-flight services in the world, began a series of initiatives and measures to further strengthen its position in the Brazilian market. By doing this, the company benefits from the long experience of the Lufthansa Group and its global presence, both responsible for developing standards enshrined by the industry on operational excellence, sustainability and culinary competence.

The next investment will be the restructuring of the company unit in Rio de Janeiro with what is most modern in the market.

Lufthansa-Rio-de-Janeiro-Press-Event-Copyrighted-to-Aviation-News (1)

Lufthansa Technik:

As the leading independent provider of maintenance, repairs, revisions and modifications to civil aviation services, the company is growing in the United States and in Asia.

Lufthansa Technik is building a maintenance center in Puerto Rico. However, in Brazil there are difficulties in the Customs to import and export the aircraft’s parts. But the company believes the country and the Latin America are important to its growth.

Lufthansa Systems:

Lufthansa Systems handles with the part of the Group’s technology, the company has over 300 customers (airlines) and had a profit of 640 million euros in 2013.

The company started its service in Brazil in 1997. Nowadays, Lufthansa System attends six airlines in the country: Avianca Brasil, Azul, GOL (system for controlling the aircrafts, operations and cabin crew), Rio, Sideral and TAM (system for flight planning).

One of the company’s flagships is LIDO system that generates significant savings for the customer.

Lufthansa Consulting:

Lufthansa Consulting has just created in Brazil Lufthansa Consulting Ltd., a limited partnership, which will work as representative and operational base for its activities in South America. The aviation industry has grown steadily in the region on the recent years, and the limited partnership opening in Rio de Janeiro, demonstrate as well the importance of this market to the area of aviation consulting, reinforcing the company’s philosophy of seeking closeness to the customer.

In Brazil, the company is developing several projects with several companies, such as Azul and Petrobras.

Leave a Reply